Confira quem entra na fila para sacar a nova ajuda de R$ 1 mil liberada pelo Presidente Bolsonaro.

0
37
- Publicidade -

Imagem: Reprodução/Google


Na quinta-feira, 17 de março, o presidente brasileiro e os principais ministros apresentaram um novo pacote de medidas econômicas. Um deles será um novo microcrédito de até R$ 1.000 para pequenos empreendedores carentes.

Ao longo de 2022, o Governo Federal estima liberar R$ 165 bilhões para a economia com medidas anunciadas em março deste ano. A criação de um programa de microcrédito é uma dessas medidas. A ideia é ajudar as pessoas que receberam ajuda emergencial da Covid-19.


Auxílio de até R$ 1.000 será por meio de microcrédito

As medidas que devem injetar grande valor na economia e a liberação do novo microcrédito de até R$ 1.000 já foram validadas pelo Palácio do Planalto. Os novos benefícios começarão a ser pagos em abril deste ano. Além disso, o Governo Federal também divulgará informações sobre o 13º salário e compensação emergencial do FGTS.

Pouco se sabe sobre a liberação do novo microcrédito para aqueles que receberam ajuda emergencial durante o Covid-19. Mas nos bastidores há especulações de que todos os benefícios do programa serão destinados àqueles que receberam auxílio emergencial em 2020 e 2021.

Há algumas informações limitadas sobre os US$ 1.000 que serão dados a trabalhadores de baixa renda para ajudá-los a abrir pequenas empresas por conta própria. O número de pessoas beneficiadas pelo microcrédito ainda não foi calculado.


Auxílio emergencial

No auge da pandemia do novo coronavírus, o auxílio emergencial ajudou cerca de 67 milhões de pessoas e chegou a pagar o total de R$ 379 bilhões. O benefício em questão foi liberado em abril de 2020, com valor de R$ 600, atingindo até o valor máximo de R$ 1.200. O último auxílio foi pago em 31 de outubro de 2021.

O fim do auxílio emergencial era a meta do governo, para que pudesse lançar o Brazil Aid, programa que substituiu o extinto Bolsa Família, ao mesmo tempo. Geralmente, o Auxílio Brasil era concedido às pessoas que recebiam o Bolsa Família e assistência emergencial, desde que cumprissem as exigências do Bolsa Família.


Caixa também oferece crédito de até R$ 1.000

A Caixa Econômica Federal concederá empréstimos de até R$ 1.000 para pessoas de baixa renda. O negócio será oferecido 100% online, com uma taxa de juros mensal de 3,99% e um prazo para quitação da dívida que pode variar de 12 a 24 meses.

Para solicitar o empréstimo à Caixa, as pessoas que já são correntistas só precisam atualizar seus dados cadastrais. Mas quem ainda não tem uma conta no aplicativo caixa tem, é necessário instalar o aplicativo e se cadastrar.

Cerca de 100 milhões de brasileiros poderão comprar o serviço de crédito disponibilizado pela Caixa. Após o cidadão fazer a solicitação, o crédito deve ser liberado no prazo máximo de 10 dias.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui