Governo Federal confirma que nenhum beneficiários pode receber menos de R$ 400 no programa Auxílio Brasil. Veja.

0
205
- Publicidade -

Imagem: Reprodução/Google

Segundo relatos de usuários da Ajuda Brasil, alguns valores dos pagamentos do benefício atingiram um patamar inferior a R$ 400 em março deste ano. O Ministério da Cidadania, no entanto, garante que isso não é possível. “O valor mínimo é de R$ 400. Ninguém pode receber menos do que isso”, diz a pasta.

Essa informação pode causar um pouco de confusão, já que alguns cidadãos afirmam que receberam, sim, menos de R$ 400. No entanto, esses usuários precisam procurar esse valor total em outras fontes. Há relatos de pessoas que encontraram essa quantia dividida em outro lugar.


Segundo a própria Caixa Econômica Federal, os pagamentos da Auxilio Brasil podem cair de forma dividida. Vale lembrar que as transferências desse projeto ocorrem por meio de uma composição para a maioria das pessoas. Um nível é a origem do próprio programa e o outro pode ser do Benefício Extraordinário.

O aplicativo Assistance Brazil mostra quanto cada pessoa deve receber em cada um dos benefícios. A soma dos dois é o valor que o cidadão recebe. No entanto, esses níveis podem cair em lugares diferentes. Assim, uma parte cai em uma conta e a outra cai na outra. O cidadão precisará fazer uma busca ativa.

Há casos, por exemplo, em que o dinheiro cai no Cash Tem e o dinheiro é fácil. Alguns relatos mostram que também é possível que metade do valor caia apenas no cartão do antigo Bolsa Família. É possível que o banco envie parte do valor para uma conta corrente ou conta poupança do cidadão. Tudo pode acontecer.

Eu olhei e não encontrei nada.

Se o cidadão recebe menos de R$ 400 e não encontra a outra parte em qualquer lugar, então é hora de fazer uma visita a uma agência da Caixa Econômica Federal. Ok, você precisa falar com um atendente.

O cidadão precisa pegar seus documentos pessoais e pedir a esse caixa para procurar a outra parte do dinheiro. Assim, o usuário pode usar esse valor perdido.

É importante lembrar que essa prática de envio do valor para duas contas diferentes não é uma regra. A Caixa afirma que a ideia geral é enviar esse valor apenas para uma conta. Mas falhas no sistema podem acontecer.



Ajude o Brasil

O Governo Federal continua esta semana com os pagamentos de sua Ajuda Brasil. De acordo com o calendário oficial de transferências, nesta terça-feira (22) é a vez dos usuários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 3. Eles podem fazer essa retirada agora.

O cidadão precisa contar com o número final para saber quando poderá fazer este sorteio. O usuário tem a opção de movimentar esse valor diretamente através da Caixa Tem ou através do Caixa Tem ou através do Caixa.

Em fevereiro passado, pouco mais de 18 milhões de pessoas receberam esse benefício no Brasil. Os números do mês de março ainda não foram divulgados. A tendência é que o Ministério da Cidadania faça essa divulgação ainda esta semana.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui