Mais trabalhadores foram incluídos e 1,6 milhão vão receber o PIS/Pasep.

0
266
- Publicidade -

Imagem: Reprodução/Google

Após o reprocessamento dos dados dos trabalhadores, o Ministério do Trabalho incluiu mais 1,6 milhão de pessoas no abono salarial do PIS/Pasep deste ano. A informação tinha inconsistências na base do governo e agora uma nova lista foi divulgada.

Com a nova lista, mais de 24 milhões de trabalhadores receberão o benefício. O valor total é de R$ 22,62 bilhões.



Nova lista

A nova lista leva em conta os trabalhadores que não recebem mais o benefício por falha na base de dados do governo federal. Assim, aqueles que deveriam ter recebido em fevereiro serão incluídos na lista de pagamento de 29 de março.

Assim, quem deveria ter recebido em março e estava com os valores atrasados receberá no dia 31 deste mês. Isso se aplica apenas aos trabalhadores incluídos na nova lista. Ou seja, os demais beneficiários seguem o cronograma regular de pagamento.

Recebe o abono salarial que trabalhou com carteira assinada no ano-base. O valor é de um salário mínimo para quem trabalhou durante os 12 meses. Ou proporcional àqueles que trabalharam em um período mais curto. Outra exigência é que eles estão cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos. Os dados também devem ser atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para ver se você está na nova lista, o trabalhador pode entrar em contato pelo telefone 158 ou também acessar a Carteira de Trabalho Digital. Basta fornecer o número do cpf e a senha de acesso.

Caso o trabalhador ainda não tenha cadastro, o primeiro passo é criar o acesso apenas para seguir as etapas de consulta. Na aba “Benefícios” você pode verificar o abono salarial. Veja quais são os valores de acordo com a quantidade de meses trabalhados:

Meses / Valor do subsídio em 2022

R$ 101

R$ 202

R$ 303

R$ 404

R$ 505

R$ 6.606

R$ 707

R$ 808

R$ 909

R$ 10 1.010

R$ 1.111

R$ 1.212

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui